Mulheres Mil viabiliza mais duas capacitações em Cunha Porã

Foi realizada, na noite de segunda-feira (24), no salão nobre da prefeitura, a confirmação de matrículas para mais dois cursos viabilizados pela parceria entre governo municipal de Cunha Porã, Secretaria de Assistência Social, Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). O Programa Mulheres Mil Maquiador conta com duas turmas – uma vespertina e outra noturna, e o Auxiliar Administrativo com aulas que serão ministradas à noite.

A confirmação das matrículas contou com as alunas, coordenador-adjunto do IFSC, Campus de São Carlos, Márcio Zamboni; coordenadora do Pronatec Alessandra Arenhart; coordenadora do Programa Mulheres Mil Cristina Pruens, além da diretora de Indústria, Comércio e Habitação e também coordenadora do Pronatec em Cunha Porã e Apoio Acadêmico do IFSC Campus de São Carlos, Viviane Müller.

O curso Mulheres Mil Maquiador terá 186 horas, com aulas iniciando no próximo dia 1º de dezembro para a turma vespertina, e dia 2 para o noturno. Já a capacitação Mulheres Mil Auxiliar Administrativo contará com 200 horas, e tem início no dia 3 de dezembro. O local das capacitações será no Setor do Pronatec, no andar superior do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cunha Porã.

De acordo com Zamboni, este é o primeiro ano de parceria efetiva entre o governo municipal e o IFSC, e a procura por essas capacitações tem sido cada vez mais ativa. “Hoje o município dispõe de um espaço Pronatec amplo e que atende as expectativas para a realização dos cursos”, acrescenta o coordenador. A parceria com o IFSC já capacitou munícipes em Inglês Básico e Recepcionista em Serviços de Saúde, além disso, ainda estão em andamento duas turmas; Agente Comunitário de Saúde e Mulheres Mil Auxiliar de Cozinha.

Conforme Viviane, o programa Mulheres Mil tem o objetivo de promover a capacitação profissional, inclusão social por meio da inserção no mercado de trabalho e melhoria da vida familiar. “Além da capacitação profissional e agregar renda ao núcleo familiar, o programa Mulheres Mil vai trabalhar a autoestima e saúde da mulher, que muitas vezes na correria do dia a dia e nos afazeres doméstico é esquecido”, evidencia a coordenadora local do Pronatec.