Prevenção de Quedas de pessoas idosas é tema de campanha em Cunha Porã

O município de Cunha Porã através da Secretaria Municipal de Saúde deu inicio no mês de janeiro a uma campanha que abordou três temas: a violência no trânsito, violência doméstica e prevenção à queda de pessoas idosas. Nas semanas anteriores tratamos sobre a violência no trânsito e doméstica, está semana vamos falar sobre a prevenção a quedas de pessoas idosas, com emblema “Não caia no descuido”.

A campanha tem como objetivo conscientizar a população sobre a prevenção de quedas com pessoas idosas, para evitar os acidentes com idosos ou mesmos por falta descuido. A utilização de equipamentos como barra de apoio no banheiro podem prevenir quedas graves, evitando assim lesões e fraturas.

Com o avançar da idade algumas alterações podem acontecer, por exemplo: não enxergamos como antes, nossos reflexos não são mais os mesmos para evitar a queda, não somos tão rápidos e eficientes, a força de nossas pernas e o equilíbrio tendem a diminuir. Por esta razão, as chances de cair aumentam.

A queda pode ocorrer em qualquer idade, mas para as pessoas idosas, a queda é mais grave, pois apresentam maiores chances de ocorrer lesões, torções e fraturas. A consequência de uma queda pode ser a hospitalização. É comum que por insegurança e medo de uma nova queda muitos idosos deixem de realizar atividades do cotidiano. Com o tempo a falta de atividade pode resultar em fraqueza, desequilíbrio e descondicionamento físico, aumentando ainda mais as chances de cair novamente.

Bem, atividade física pode ser uma aliada fundamental para manter a independência, aumentar a força muscular e o equilíbrio para reduzir o risco de quedas. Exemplos são a caminha, alongamentos e dança podem ser opções de atividades físicas, além de evitar quedas fazem bem saúde.

A divulgação do tema está sendo feita por meio de outdoors, cartazes, cartilhas e folhetos explicativos, além de divulgação nos meio de comunicação. A campanha se tornou realidade, por meio de projeto encaminhado ao Ministério da Saúde, pela Equipe da Saúde da Família (ESF), e tem por objetivo conscientizar e informar a população cunhaporense sobre o assunto.

 

Publicado por: Gabriela Zamboni