Programa Mulheres Mil forma 60 alunas em Cunha Porã

O Governo Municipal de Cunha Porã e o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) – Campus de São Carlos -, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), realizaram na noite do dia 12 de agosto, a formatura de 60 alunas participantes do programa Mulheres Mil. Este programa tem como objetivo oferecer as bases de uma política social de inclusão e gênero para mulheres em situação de vulnerabilidade social, que assim tem acesso à educação profissional, emprego e renda.

O grupo de mulheres cunha-porenses participou de cursos de qualificação que vinham sendo ofertados desde o ano passado. Essas capacitações eram voltadas para Auxiliar de Cozinha; Auxiliar Administrativo e Maquiador – que contou com duas turmas.

Durante o cerimonial de entrega dos certificados esteve presente o prefeito Jairo Ebeling; a assessora de Programas Sociais Irma Kesseler – que também responde pela Secretaria de Assistência Social -; o diretor geral do IFSC Campus de São Carlos, Juarez Pontes; o coordenador-adjunto do IFSC, Carlos Augusto do Espírito Santo Júnior, além das coordenadoras dos cursos e professores.

No decorrer dos pronunciamentos, as lideranças parabenizaram o grupo de formandas pela persistência e por aceitarem o desafio de buscar uma qualificação que visa contribuir para a autoestima e também para a geração de renda. Também destacaram as parcerias para que ações que possam ser direcionada à população sejam ofertadas de forma gratuita e que atenda aos interesses do público alvo.

De acordo com a diretora de Indústria e Comércio e coordenadora do Pronatec do município, Viviane Müller, buscar uma qualificação pessoal na atualidade é fator importante para a inserção no mercado de trabalho. “O Pronatec auxilia na ampliação da oferta de educação profissional aos estudantes do ensino médio e população em geral. Além disso, também busca uma qualificação maior da massa trabalhadora do país, incentivando o ingresso de formandos e profissionais que já atuam no mercado de trabalho”, ressalta.