Projeto Mamãe eu preciso mamar no peito tem continuidade

Após ser premiado no Estado e em Brasília, o projeto Mamãe eu preciso mamar no peito da Secretaria de Saúde de Cunha Porã, está tendo continuidade sob a coordenação da enfermeira Francini Werka Friedrich. O projeto, que tem como principal foco incentivar a amamentação dos bebês e o fortalecimento de vínculos entre mãe e filho, tem encontros mensais e reúne todas as gestantes do município.

No mês de julho, o encontro de gestantes foi conduzido pela própria enfermeira Francini, e teve como pauta as posições corretas para amamentação; a importância do aleitamento materno e os cuidados com a mama. Além disso, a profissional explanou sobre a posição correta de o bebê dormir – que é de barriga para cima, e teve ainda a presença da mãe Aline Verônica Tatto com seu bebê, a qual foi exemplo das explanações a cerca da posição correta da amamentação e de dormir.

Já neste mês de agosto a programação contou com a presença da nutricionista do Núcleo de Apoio a Saúde na Família (Nasf), Jucélia Ferri, que falou sobre nutrição, gestação e amamentação. Entre os tópicos abordados esteve com relação as necessidades calóricas que a gestante precisa para o desenvolvimento adequado do bebê e para evitar complicações correlacionadas ao diabetes gestacional, aumento da pressão arterial, entre outros.

Jucélia falou ainda das quantidades e qualidade dos alimentos, tanto no período gestacional, como também na amamentação. Incentivou o consumo de frutas, verduras, legumes, feijões, alimentos ricos em fibras, ferro, cálcio e ácido fólico – importantes aliados no período da amamentação. Por outro lado, a nutricionista destacou que devem ser evitadas as guloseimas e aqueles alimentos ricos em açúcares, refrigerantes e gorduras trans.

Agosto Dourado

Ainda neste mesmo objetivo de incentivar o aleitamento materno, este mês é lembrado mundialmente como Agosto Dourado, data em que se intensificam as ações cujo foco é despertar nas futuras mães a necessidade e importância da amamentação exclusiva nos primeiros seis meses de vida do bebê. A referência ao dourado leva em conta que o ouro é um metal nobre, sendo o leite também considerado um alimento nobre e, portanto, uma correlação entre ambos.

Para tanto, a Secretaria de Saúde de Cunha Porã, por meio do Projeto Mamãe eu preciso mamar no peito, está organizando para domingo (20), a partir das 16h, na Praça da Bandeira, o Mamaço Cunha Porã. Um evento que tem por objetivo incentivar a amamentação. Nesse sentido, todas as mães cunha-porenses que estão amamentando estão convidadas para comparecerem na Praça da Bandeira, assim como toda comunidade que incentiva o aleitamento materno.

De acordo com a enfermeira Francini, é um evento que objetiva chamar atenção para a importância e a necessidade do aleitamento materno, e por isso toda comunidade que incentiva a ação está convidada para participar. “Serão repassadas muitas orientações, haverá música e várias dinâmicas. Se você incentiva o aleitamento materno, participe do Mamaço Cunha Porã”, convida Francini, ressaltando que se chover a atividade será cancelada.