Contação de História projeta conhecimento através da ludicidade

Despertar a imaginação, a fantasia, as emoções, o interesse e a expectativa são algumas das características do projeto Contação de Histórias, desenvolvido pela Secretaria de Educação de Cunha Porã com alunos da educação infantil e do primeiro ano da Escola Núcleo Número Um.

A equipe, atualmente formada pelas professoras Eliane Bonadeo, Marivone Nyland, Salete Huf e Crissiane Freitag Petter, selecionam histórias que tenham lições a serem seguidas pois, segundo as profissionais, sabe-se que através da observação, imitação, reflexão e memorização a criança representa o seu mundo com a sua oralidade e expressão corporal, construindo e associando suas próprias vivências.

Além disso, ao finalizar cada contação as crianças são questionadas sobre a história, a fim de que possam expressar suas conclusões sobre a narrativa. Um trabalho que envolve dedicação por parte da equipe e um constante planejamento. Desta forma, toda segunda-feira a equipe se reúne para traçar as atividades semanais, bem como para confeccionar cenários e roupas utilizadas pelos personagens de cada história a ser contada.  

O projeto Contação de História funciona de terça à sexta-feira, junto à sede dos Escoteiros, e segue um cronograma de atendimentos das turmas. Assim foi na última semana, quando as profissionais trabalharam o teatro “A natureza pede ajuda”, falando sobre a degradação e a poluição do meio ambiente e, em contrapartida, ressaltando a importância dos cuidados e da preservação do local onde se vive.

Segundo as professoras, através de uma linguagem simples a Contação de Histórias contribui de forma lúdica e promove reflexões sobre assuntos que as crianças normalmente levam às suas famílias e que mexe com o cotidiano dos envolvidos no sentido de despertar o interesse em colaborar e estar inserido na busca por uma educação cada vez melhor. Nesta semana o tema a ser trabalhado será “O duelo de mágicas”.